Browsing CategoryConquistas

Sobre Recomeços

Em dezembro, sempre acontecem aquelas avaliações do ano que passou. Na escola, na natação, no inglês. E, no caso do Mateus e das crianças com questõezinhas, temos também as avaliações nas terapias. Foi o que aconteceu lá pelo dia 8. Um papo marcado, cancelado e remarcado mil vezes com a Miriam, terapeuta ocupacional, e a Giselle, fonoaudióloga. Duas pessoas que, se eu começar a contar a respeito, este texto não termina nunca. Mas, resumindo: adoro, respeito demais e temos uma certa intimidade. Imagina, quase nada. Elas apenas acompanham o Mateus desde que ele tinha 8 meses, viveram de pertinho a…

2,325 total views, no views today

Sobre erros. Os meus.

Então, eu tenho um filho com síndrome de down (e insisto no meu pequeno protesto pessoal de nunca escrever o nome da danada com letras maiúsculas). O Mateus, o Má, está com 3 anos e 8 meses. Um mocinho já. E, durante estes 44 meses, tenho escrito, escrito, escrito, falado, falado, falado e postado pra caramba. Fiz um site, escrevi para revistas, participei de eventos, palestrei. Virei ativista. A louca da causa. Parece até que eu já sei lidar com toda esta história, né? Pois, então. Não é bem assim. Ultimamente, percebi que preciso encarar alguns preconceitinhos (Preconceitozinhos? Preconceitosinhos?) que…

3,243 total views, no views today

Sobre Futuro e Bactérias

Nunca imaginei ter um filho com síndrome de down. Também nunca imaginei ter dois filhos. Aliás, imaginei muito pouco ter um filho que fosse. Mas rolou. Tudo isso aí que nunca imaginei. Junto, misturado e complicado. Quem me vê escrevendo sempre textos enormes sobre amor e aceitação pode chegar a pensar que sou mega fortona ou uma Poliana sempre saltitante, Aninha Paz e Amor, que encara tudo e nunca acusa o baque. Não foi e não é bem assim. Foi foda. E às vezes ainda é foda. Não vou nem perder meu tempo aqui contando como não mudaria uma vírgula…

14,189 total views, 2 views today

Sobre Um Ano Novo e Uma Nova Ana

Texto escrito em setembro de 2013. Outro dia, li um textinho, até bem coerente, dizendo que não devemos desnudar nossas almas nas redes sociais. Eu concordo. Mas acho que tem um montão de gente passando pelo susto que nós passamos. E, com os meus textinhos, eu só quero dizer que o bicho, às vezes, não tem 7 cabeças. São três, no máximo. Há um ano, não imaginei que estaria assim, feliz. Há um ano, eu vivia uma angústia que nunca imaginei viver. Só sabia repetir: ele é meu filho, ele é meu filho. E pensar no futuro. Sobre que profissão…

3,111 total views, no views today

Sobre o Tal do Flow

Tenho uma amiga querida que diz que odeia quando alguém fala que “o universo conspira”. Então, para não provocá-la, vou dizer que, às vezes, as coisas se “encaixam de maneira surpreendente”. Quando meu filho mais velho, Mateus, nasceu, decidi parar de trabalhar. Eu já imaginava que não conseguiria manter aquela rotina louca depois de virar mãe e a surpresa da síndrome de down do Mateus só veio para sacramentar a decisão. Havia muito a digerir, muito a pesquisar, muito a fazer. Quando Mateus tinha cinco meses, engravidei da Helena. Bem na época em que estava começando a sentir um comichão…

1,433 total views, no views today

Sobre Filhos e Textos

Desde que a Helena nasceu, perdi um pouco a inspiração e a vontade para escrever sobre o Mateus. Pode ser o cansaço pelas noites mal dormidas típicas das mães de recém nascidos. Pode ser falta de tempo para pensar no assunto. Com dois bebês em casa, tempo para escrever é um luxo maior que passar as férias na Polinésia. Também pode ser que a experiência de um parto sem sustos tenha aliviado algum peso que restava em meu coração. Não sei. Mas parece que a síndrome de down do Mateus perdeu ainda mais a importância desde que ela nasceu. O…

1,095 total views, no views today

Sobre Comemorações e Revelações

Mateus completou um ano e comemorei a data até não poder mais. Não estou falando de festas, buffets e presentes. Mas de uma comemoração muito pessoal. Minha alma estava em festa. Para mim, foi a conclusão de um ano em que passei da expectativa de ter meu primeiro filho, para um momento assustador, tipo fundo do poço mesmo, e, em seguida, para um terceiro capítulo lotado de amor e daqueles clichês bobocas de mãe de primeira viagem. Queria comemorar a felicidade do Mateus e ainda mais a minha própria. Pois, durante um tempo, achei que não ia sentir isso de…

1,079 total views, no views today

Sobre O Eterno Companheiro

Este é mais um texto da série “Frases Que Ouvimos Com Frequência Quando Temos um Filho com Síndrome de Down”. Estou falando desta aqui: ele será seu eterno companheiro. Mais uma frase dita com a melhor das intenções, mas com um sentido totalmente equivocado. Desculpe se, por acaso, você é uma das pessoas que me falou isso. Quero deixar claro que você não me ofendeu, nem entrou para a minha lista negra. Compreendo perfeitamente a dificuldade em encontrar as palavras certas para demonstrar apoio em uma situação nova, totalmente desconhecida. Mas esta frase é realmente ruim, faz eu sentir uma…

1,470 total views, no views today